quinta-feira, 26 de dezembro de 2013

Natal em Zagreb

Pela primeira vez passei um Natal na Croácia, mais precisamente em Zagreb e pude ver alguns costumes sobre essa comemoração aqui! Não houve neve alguma, pelo contrário, estava bem quentinho, cerca de 12 graus de dia, o que pra época é bem raro! Teve até sol, diferente dos últimos Natais que passei em Floripa abaixo de chuva! 
 Alguns costumes por aqui são bem diferentes dos nossos. Pra começar, a árvore de Natal é decorada só no dia 24 e na janta em família se come peixe. Os presentes são entregues à noite e "foram deixados" pelo Menino Jesus. Muitas famílias têm o costume de ir à missa do Galo à meia noite. A refeição mais importante é o almoço do dia 25 onde se come peru com "mlinci", uma espécie de massa de lasanha feita em casa, cozida e passada na gordura do peru, acompanhado de salada de beterraba. Há uma porção de doces especiais. 
O costume de iluminar as casas e janelas também existe aqui, mas pelo menos no meu bairro achei bem fraquinha a decoração e a quantidade. Já no centro sim há bastante investimento por parte da prefeitura e ficou lindo! 
Agora é esperar pra ver como será a virada do ano novo...:)

Abaixo estão as fotos do pinheiro da casa dos meus sogros e da praça Zrinjevac.



segunda-feira, 23 de dezembro de 2013

Em busca da árvore perfeita

Domingo de sol, pessoas nas ruas aproveitando o bom tempo e chegou a hora de comprar a árvore de Natal! Em várias praças se encontram centenas de pinheiros de todos os tamanhos, cortados ou plantados. Cena de filme... Neste ano compramos um pequeno que pretendemos regá-lo pra servir para os outros Natais.
Além da busca pelo pinheiro, se vê muita gente comprando aquelas lindas plantas vermelhas da foto abaixo que não me lembro o nome e os presentes de última hora.
Pela cidade, se veem feirinhas por toda parte, cafés cheios de gente com aquecedores nas ruas e decorações lindas de Natal. Este será meu primeiro Natal na Croácia, verei como serão os costumes, comidas e postarei aqui! 



quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

O meu Brasil

Depois de viajar, voltar à rotina e esperar a internet chegar no apê novo, aqui estou!
Falar do Brasil é difícil, pois temos diferentes Brasis e cada pessoa tem a sua visão, mas mesmo assim ouso escrever o que penso.
O meu Brasil é um país de terras continentais, de uma diversidade imensa que existe em poucos lugares. É um local que abriga europeus, africanos, asiáticos e gente do resto do mundo, mas rejeita os donos daqui, os indígenas .O meu povo é aguerrido, irreverente, mas muitas vezes acaba usando isso contra si. O jeitinho brasileiro acaba atrasando o país ao invés de fazermos uma nação melhor para nós mesmos com educação, segurança e um sistema de saúde de qualidade. A terra em que tudo dá, infelizmente acaba sendo mal usada e distribuída e o desperdício de comida é tamanho que temos gente ainda passando fome.
Não existe povo como o brasileiro, alegre, criativo, musical, dançante. Chegar em casa é sempre um alívio, é como se me sentisse abraçada por esta terra e gente. Me pego perguntando por quê o meu país é o inferno e céu para si mesmo? Mas ainda não tenho resposta.




quinta-feira, 5 de dezembro de 2013

E por enquanto no Brasil...um post pela metade

Faz tempo que não posto por aqui, com a mudança, viagem, chegada e família, praticamente sumi da internet.
Chegar no Brasil é sempre uma mistura de sentimentos: saudades das pessoas, da língua, da comida, do ar; vontade de ficar; alegria de encontrar as pessoas amadas; desejo de comer tudo o que não tem na Croácia, etc.  
A inspiração ficou pela metade, com as pessoas ao redor e o barulho, em breve voltarei!

domingo, 10 de novembro de 2013

Mudanças e andanças

Estive longe do blog porque nos mudamos nesta semana e não temos internet no novo apartamento. Aqui na Croácia é comum os apartamentos já virem mobiliados, oque facilita bastante, mas mesmo assim a mudança cansa, ainda mais com bebê pequeno.Percebi que as pessoas têm o costume de pedir ajuda aos mais próximos e levarem tudo sozinhas. Em geral, pelo que tenho visto, o costume de fazer tudo sem contratar outras pessoas  aplica a outras áreas também como encanamento, eletricidade, etc ou talvez seja o Jerko, já não sei mais... 

O outono chegou de vez, as temperaturas estão bem tranquilas até, entre 10 e 18 graus de dia e à noite chega a 5. Os dias estão anoitecendo às 17h já, infelizmente. Temos passeado de tardezinha com nossa minha filha e percebi que quando não está muito frio há pais com crianças nos parquinhos, mesmo à noite, o que pra mim é estranho. Ainda não consegui me acostumar com esses dias curtos e a falta de sol no inverno. É por isso que sempre vou ao Brasil nesta época do ano pra dar uma escapada, matar as saudades e dessa vez não será diferente! Estou contando os dias, 12 para ser mais exata, para embarcarmos, visitarmos a minha família e mostrar a minha bebê para todos! 

segunda-feira, 28 de outubro de 2013

Dicas de viagem pela Croácia

Com o fim da temporada de turismo aqui na Croácia, resolvi fazer um post que reúna as principais dúvidas das pessoas que me contactaram este ano pelo blog e mail.
-A Croácia hoje faz parte da União Europeia, mas não aderiu ao euro
- 1 euro é mais ou menos 7,5 kunas
- Pode se chegar de avião nas cidades de Zagreb, Split, Dubrovnik e Pula; a maior parte das rotas de ônibus e trem vão para Zagreb; de balsa de Bari-Dubrovnik e Ancona-Zadar ou Split e de barco Veneza-Rovinj
- A água é potável, pode se beber direto da torneira. É comum receber um copo de água acompanhado do café e as vezes pode se pedir uma jarrinha de água no restaurante
- Para dirigir na Croácia é recomendado se ter a carteira de motorista internacional, mais informação aqui http://www.webluxo.com.br/noticias/carteira_de_motorista_internacional.htm
- As estradas são muito boas, extremamente bem sinalizadas e pedágios que se pagam ao sair da autoestrada, ou seja, no fim do percurso
- Muitas pessoas falam inglês, principalmente os jovens, mas já espanhol é bem menos frequente
- Para passar na fronteira da Bósnia não é preciso ter visto, (nem para entrar na Croácia)
- Em um dia dá pra ir e voltar para os Lagos Plitvice saindo de Zagreb ou Split ou Zadar
- É possível trocar euros e dólares por kunas nos diversos câmbios nas cidades, geralmente só as lojas de souvenir que aceitam euro
-Os meses de praia são de junho a agosto, as vezes setembro, conforme o tempo anda, pois tudo está tão louco!!!
- Na parte continental neva, aqui em Zagreb tem uma estação de esqui e o campeonato mundial de Esqui chamado Snow Queen
- Hoje em dia a temporada alta é considerada de maio até outubro, pois a Croácia é um grande destino turístico no mundo e por essa razão sugiro planejarem com antecedência as viagens e contactarem as agências com tempo. Caso alguém precise de algum serviço, lembro que tenho a minha agência www.kamauf-zagreb.com, para informações contactar info@kamauf-zagreb.com
Bem, isso é o que me lembro de cabeça. Espero que seja útil àqueles que estão se planejando vir pra cá! Para saber o que é interessante visitar, recomendo assistirem aos vídeos que postei anteriormente aqui feitos pelo Globo Repórter e pela Band!
 Boa viagem desde já!
P.S Para informações sobre o país, vale a pena visitar a página da Associação Turística Croata:  http://croatia.hr/es-ES/Homepage

quarta-feira, 23 de outubro de 2013

Camarão na moranga

Entre a rotina que é ter um bebê de 3 meses em casa e achar tempo pra alguma coisa, consegui ontem fazer uma receita que adoro: camarão na moranga! Nunca tinha feito até então e procurei uma que fosse fácil e relativamente rápida. Encontrei no  site do GNT e gostei muito. Como não há catupiry aqui acabei colocando leite de coco, como diria o meu pai:  quem não tem cão caça com gato! Ficou uma delícia!
http://gnt.globo.com/receitas/videos/_2029145.shtml



segunda-feira, 21 de outubro de 2013

Inspiração de outro blog: blogdamamaesustentavel

Ontem li este post no excelente blog da minha amiga Luísa,
sobre o dia mundial da alimentação e achei fantástico o vídeo que fizeram sobre o Dia Mundial da Alimentação e o desperdício de comida. 
Recomendo assistir, vale a pena!


terça-feira, 15 de outubro de 2013

Azeite de oliva

Pouca gente sabe que o azeite de oliva croata é muito premiado e considerado um dos melhores do mundo. Senão me engano, foram os romanos que trouxeram pra cá as oliveiras e desde então se cultivam na costa. 
Esta foto é um porta azeite de oliva que ganhei do Jerko, da ilha de Brač, além de ser muito bonito contém o melhor que já comi. Aqui há o costume de comer azeite com pão, não costumava fazer isso no Brasil, mas adotei o costume, pois é uma delícia! 
As ilhas croatas além da região da Ístria, produzem azeite e fiquei sabendo, recentemente, que a ilha de  Brač possui um, não sei se é este, que é protegido. Esta ilha é famosa também pela praia de Zlatni Rat, lindíssima, com um formato diferente e areia (geralmente são de pedra). Uma curiosidade interessante em relação à essa ilha é que suas pedras foram levadas para construir a casa branca nos Estados Unidos. 
Portanto, quem vier pra cá, sugiro que prove os azeites de oliva, pois não vai se arrepender. É também um ótimo souvenir!

sábado, 5 de outubro de 2013

Outono com cara de inverno

Este ano é o primeiro que vejo fazer frio desde o fim de setembro. Como já tinha comentado, as temperaturas estão baixando e ontem pela manhã fez 2 graus! Passamos por umas casas que tinham o telhado congelado. Para se proteger do frio temos ligado a calefação. O porém é que o ar fica muito seco, por essa razão é recomendado colocar toalhas molhadas em cima dos radiadores para umidificar um pouco, principalmente quando se tem crianças em casa. O meu nariz e o da Maíra ficam entupidos volta e meia.
Com este tempinho murrinho de hoje, por exemplo, nada melhor que assar umas castanhas e curtir um cobertorzinho. Fico pensando se agora em outubro já está tão frio, como será em janeiro e fevereiro! O tempo anda muito louco por todos os lugares mesmo. Ano passado, fez "calor" até metade de outubro e o inverno teve bastante neve, mas não esfriou muito.Vamos ver o que nos espera!
Quem vier para a Croácia, se agasalhe!



segunda-feira, 30 de setembro de 2013

Desde que cheguei na Croácia, observo que o escritor mais famoso brasileiro e conhecido é o Paulo Coelho. Há livros dele por todos os lugares: casas, bibliotecas, livrarias, etc. Parece que ele já veio uma porção de vezes pra cá.Como nunca li suas obras, não posso falar nada e quando digo isso, os croatas se surpreendem, pois volta e meia alguém leu algo.
Semana passada, me surpreendi com o que vi: um cartaz na livraria da praça principal conforme a foto abaixo! Pois é, o livro do Jorge Amado, Gabriela Cravo e Canela em croata! Me deu até vontade de ler em croata pra ver se conseguiram passar o jeitinho baiano para essa língua!

quinta-feira, 26 de setembro de 2013

O Brasil visto de fora

Gosto muito de assistir a documentários nacionais e internacionais sobre o Brasil. Sempre é interessante ver o que estão fazendo e a forma que veem o nosso país, ainda mais pra mim que estou fora.
Aqui na Tv croata está passando um programa muito bom realizado pela BBC, com o Michael Palin (um dos atores do Mont Python) sobre o Brasil: Brazil with Michael Palin. Assisti a uma parte sobre a Amazônia e achei excelente.
http://www.youtube.com/watch?v=unGkVQyoEYE

Recomendo também Brasil, Brasil-Samba to Bossa Nova, sobre a música brasileira.
http://www.youtube.com/watch?v=D-a_-GGaq3w

quarta-feira, 18 de setembro de 2013

Friozinho e cuca de uva

Que o tempo está louco, todo mundo sabe. Essa noite fez 4 graus e de manhã 6! Durante o dia deu uma esquentada, mas com o friozinho que fez já deu pra ligar o aquecimento. Já na costa tá lindo e tem gente pegando praia!
Como o friozinho me lembra a serra gaúcha e agora é época de uvas, resolvi fazer a minha cuca predileta! Nunca tinha feito, só de outros sabores. Procurei na internet e achei uma receita num blog pela cara da foto e deu certo a escolha! Ficou uma delícia!
Recomendo totalmente, aqui vai o link: http://trocarreceitas.blogspot.com/2011/10/cuca.html

segunda-feira, 9 de setembro de 2013

A vida na Croácia

Muitas pessoas me perguntam como é a vida na Croácia. Já falei aqui, em outros posts e acabei pensando mais sobre o assunto novamente. O que percebo que me agrada, principalmente agora, ao criar um filho é a segurança; o sistema de saúde que funciona (tenho muitas críticas, mas funciona); a educação que é praticamente gratuita, ainda; o sistema de transporte que é bom; as distâncias que são pequenas e o trânsito que  não é tão grande, portanto não se perde muito tempo nos deslocamentos e é claro, a beleza do país. Todos esses aspectos colaboram para se ter uma grande qualidade de vida. No entanto, é necessário ter um bom trabalho, ou geralmente, vários para poder desfrutar.O desemprego é muito alto, principalmente entre os jovens. Conheço pessoas graduadas que estão trabalhando temporariamente por salários baixíssimos e limpando casas para poder sobreviver. 
 Para o padrão croata, o custo de vida é bem caro, comparando ao Brasil, não tanto. Além disso, poucas são as pessoas que conseguem aproveitar o país como os turistas. Hoje, a Croácia é a terceira maior atração turística europeia, mas quem vive aqui não consegue desfrutar das maravilhas. Geralmente, as famílias têm as suas casas na praia e ficam o tempo todo lá. Os preços, na costa, são caríssimos para os baixos salários e impossibilitam a viagem entre as cidades. Na verdade, como tem havido tanto turismo, o melhor mesmo é viajar fora da temporada de verão, pois as cidades têm estado abarrotadas de gente e os preços  lá em cima.
Este fim de semana, descobri mais uma coisa que me encanta por aqui, o costume de plantar árvores frutíferas nas casas. Nos bairros mais fastados do centro, se veem muitos pomares. Na nossa casa nova, ontem colhemos as frutas abaixo: que incrível e que luxo poder comer sem agrotóxico e direto do pé!



terça-feira, 3 de setembro de 2013

Os pais croatas

Desde  que vim morar aqui, sempre me chamou a atenção o número de pais que saem para passear com os seus filhos. Eles estão nas ruas, parquinhos, pracinhas, etc. Além disso, conforme o que dizem algumas mulheres que conheço, e agora o meu marido, vejo que alguns deles ajudam em casa, trocam fraldas, põem o bebê pra nanar, cozinham, passam, lavam, etc. É claro que não são todos! Há vários bem conservadores e machistas, enfim...depende da educação que se tiveram.
Uma coisa que gosto muito daqui é o ritmo de vida mais devagar, as pessoas têm mais tempo livre e consequentemente, os pais podem colaborar mais. Tenho a sensação que tudo é mais tranquilo e se aproveita mais. O tempo de trabalho é 8h, mas há meia hora de almoço incluído neste. Isso explica o enorme número de pessoas nos cafés durante o dia. 
É bom aproveitar o que há de bom em cada lugar!

sexta-feira, 23 de agosto de 2013

Empréstimo de roupas e coisas para bebês

Uma coisa que me surpreendeu muito, desde que fiquei grávida, e que achei o máximo, foi o costume de as amigas emprestarem as coisas dos seus bebês para as outras. De todas as coisas que usamos com a nossa filha, somente a cômoda com o trocador compramos, o resto, desde roupinhas até o carrinho, o bercinho, pegamos emprestados. Desta forma, se economiza horrores, é sustentável, pois mais de uma criança usa as roupas e coisas e uns ajudam os outros! 
Sei que há também brechó de roupas para bebês, sempre é bom saber. Os preços das roupas aqui são mais baratos que no Brasil, mas de qualquer forma, em geral, não vale a pena gastar muito em uma peça que vai se usar um, dois meses. Verei como é quando precisar!

terça-feira, 20 de agosto de 2013

Maternidade na Croácia

Passado quase um mês do nascimento da minha filha, começo a ter uma rotina e poder postar por aqui! A vida de mãe traz muitas novidades, desafios e aprendizados que nunca poderia imaginar. Hoje vejo que o que pensava antes sobre muitas coisas é totalmente diferente do que agora, somente a experiência é que nos mostra.
Aqui na Croácia, após o retorno pra casa, se tem o costume de receber uma enfermeira que ensina a dar banho, cuidar do coto, do bebê, etc. Desta forma, se adia a visita ao pediatra até o primeiro mês de vida. É interessante este costume, além de poder ligar para as enfermeiras quando se têm dúvidas e chamá-las em caso de necessidade. Geralmente, costumam vir uma ou duas vezes por semana até a queda do umbigo.
Outra coisa que descobri foi uma associação chamada roda.hr que apóia a amamentação no peito, além de vender fraldas de pano muito fofas. Ela tem um número SOS pra tirar dúvidas sobre amamentação, assim como o hospital em que dei a luz. 
Procurando informações na internet do Brasil, encontrei o site do projeto da Cris Nicklas sobre os desafio que é amamamentar e compartilho aqui, pois achei muito legal, é: amamentareh.com.br 
Vejo que mesmo hoje em dia, com tanto acesso à informações, ainda falta ajuda e nos sentimos despreparadas e sozinhas em um momento tão importante que é a amamentação. Há muita coisa acontecendo no Brasil, sobre esse assunto e é bom saber disso, mesmo estando longe. Felizmente o Brasil está melhor neste quesito que a Croácia em termos de dados e apoio às mães.
Aos poucos voltarei a responder os mails que me enviam!


quarta-feira, 31 de julho de 2013

nasceu!

A razão do meu sumiço é a chegada do meu bebê! Estarei ausente por um tempo e  não poderei responder os mails.aqueles que precisarem de algum serviço turístico favor entre em contato com info@kamauf-zagreb.com
Volto em breve!

sexta-feira, 12 de julho de 2013

Souvenirs croatas II

Esse fim de semana fui à uma feirinha no centro e comprei, para o meu sobrinho, um trenzinho de madeira. Ele é feito de peças que se encaixam, com diferentes angulos e é pintado com eco tinta. Conforme os produtores, ele faz parte do patrimônio imaterial protegido pela Unesco. Esse tipo de artesanato de madeira, junto à caixinha abaixo com a sua pintura, fazem parte dos artesanatos de madeira que sempre estão à venda em feiras pelo país. Há muitos tipos de brinquedos e objetos para se escolher e todos são feitos à mão.
Recomendo para quem gosta de levar para casa um souvenir típico croata que dê uma olhada com calma nos estandes.
P.S O coração é o símbolo de Zagreb e da região.




segunda-feira, 8 de julho de 2013

Combinações inusitadas na cozinha: sopa de legumes com polenta!

Uma boa pedida, pra que gosta de combinações de sabores, é sopa de legumes com polenta. Isso mesmo! Provei essa mistura num bistrozinho muito gostoso que oferece 2 pratos por dia, um vegetariano e o outro com frango. O que comi era uma sopinha de legumes batida no liquidificador, acompanhada de um porção de polenta, um palitinho com azeitonas, tomatinhos e queijo, pão e sementes por cima. Posso dizer que é uma bela de uma refeição, nunca consigo acabar o prato! 
Esses dias fiz aqui e deu certo! Adoro o detalhe das sementes, dei uma fritadinha no gergelim e girassol e ficou um arraso! O resultado tá na foto abaixo, uma delícia! O melhor, é que dá pra fazer com qualquer legume! Nesta receita botei cenoura, abobrinha, acelga, cebola, alho e cenoura! Bom demais!
!

sexta-feira, 5 de julho de 2013

Sucos

Enquanto esperamos a Maíra chegar, o que nos resta é ter paciência e criatividade. Encontrei, casualmente, um site muito legal com receitas vegetarianas http://presuntovegetariano.com.br/ e nele a dica do programa no Youtube da Marina Person, ex-Vj da MTV. Fui dar uma olhada e achei umas receitas de sucos muito diferentes e gostosos. Resolvi provar o de melancia com mirtilo. Não coloquei todos os ingredientes que ela sugere, só os que mencionei, para provar e gostei da mistura! Indico a visita em ambos para quem quer descobrir novos sabores!
http://presuntovegetariano.com.br/artigos/indicacoes/marinando/

segunda-feira, 1 de julho de 2013

Croácia na União Europeia: mudanças

Após anos e anos de negociação, finalmente chegou a vez da Croácia fazer parte da União Europeia. Ontem à noite houve uma série de comemorações na praça principal de Zagreb para celebrar a entrada.  Sendo o 28o membro da Comunidade, o que nos aguarda, conforme os jornais, é o seguinte: barateamento da comida; possibilidade de pegar empréstimo em Graz, na Áustria; compra de carros usados da União Europeia sem o imposto PDV; aumento dos valores dos cigarros, sistema de saúde e educação. Fonte: http://www.jutarnji.hr/pojefitinit-ce-meso--riba--mlijeko--secer-i-voce--mozete-dignuti-kredit-u-grazu--a-na-rabljeni-automobil-iz-eu-ne-placate-pdv/1111899/
O que é importante para os turistas brasileiros saberem é que o euro só será adotado daqui a 4 ou 5 anos, e as alfândegas nas froteiras com os outros países da União Europeia, Eslovênia e Hungria, não existirão mais, somente policiais de cada país (dentro de 2 anos serão removidos). 
Agora é esperar para ver!

!

quarta-feira, 26 de junho de 2013

A Croácia e a entrada na União Europeia

Está se aproximando a data em que a Croácia fará parte da União Europeia, primeiro de julho. Tenho recebido vários mails perguntando sobre como será, se o país é um bom local para se viver, se adotará o euro, etc. Então, oficialmente está marcada a data, neste fim de semana as ruas centrais de Zagreb estarão fechadas para o trânsito de políticos, etc. Será um furdunço!
A moeda continará a kuna, ainda não há nada certo sobre a adesão ao euro, é preciso fazer um referendo para ver se a população é a favor ou contra. 
Em relação à qualidade de vida, sempre falo que se vive bem aqui, para quem tem um emprego bom e|ou trabalha bastante, mas a crise é bem profunda, o desemprego está acima de 20%. Tenho sorte de que o turismo é uma área que cresce, pois o resto tá brabo. 
A dúvida está no ar, como será, quais as mudanças, o que melhorará com a entrada na União Europeia, etc. Sei que politicamente é extremamente importante, mas como será a para a população, é difícil de prever. Veremos! 

sexta-feira, 21 de junho de 2013

Lavanda!

Desde que vim morar na Croácia, descobri que sou apaixonada por lavanda. Seu cheiro, cor e formato me encantam. Pelo país todo, podemos encontrar em jardins, praias e varandas. 
Um dos típicos souvenirs são os maravilhosos óleos de lavanda (essenciais e para banho), sachês, sais, etc. Sempre que vou para casa da praia trago ramos e ponho na sala. Incrível como depois de anos ainda têm um cheiro delicioso.
Na ilha de Hvar, há os maiores campos de lavanda do país onde podem ser visitados. A maior produção do país vem deste local. Recomendo àqueles que são apaixonados por lavanda, como eu, que visitem!   
Semana passada comprei este vasinho de lavanda para ter em casa. Muito fofo!


sexta-feira, 14 de junho de 2013

Surpresas!

Hoje de manhã tive uma bela surpresa. Estava em casa, quando apareceu o carteiro e me trouxe uma caixa. Abri rapidamente e para a minha alegria, havia uma sacola com presentes para Maíra! Um ursinho, sapatinhos e um belo cartão escrito pelos meus alunos da faculdade! Nossa, fiquei emocionada! Como é bom quando recebemos algo que não esperamos! Fiquei muito agradecida e lisonjeada com o gesto. Obrigada!




segunda-feira, 10 de junho de 2013

Conhecendo mais Rijeka: Trsat

Rijeka é uma cidade croata com o maior porto, muita história e uma bela arquitetura. Já passei algumas vezes por lá e desta vez visitei Trsat, um destino histórico e cultural. Tomamos um café num lugar bem charmosinho que me lembrou Montmartre em Paris. É um local de turismo religioso onde o Papa João Paulo II passou, há uma fortaleza e uma vista muito bonita. Gostei muito e recomendo a visita!



segunda-feira, 3 de junho de 2013

Lokve: a cidade dos sapos

Fim de semana passado visitamos a cidadezinha de Lokve famosa pelos sapos, na região de Gorski Kotar. Por onde se passa, se vêem nas placas, museu e decoração de casas. Fiquei sabendo que há um campeonato que ocorre lá para ver o sapo que pula mais longe! Não vi nenhum sapo de verdade, mas no cardápio do restaurante havia vários pratos para provar!
A cidade é famosa também pelo seu belo lago. No caminho para lá, vimos neve no chão e na foto abaixo dá pra ver em cima da montanha. Não sei se sabem, mas o tempo por aqui está muito louco, é junho e a temperatura está como no outono, noites e dias fresquinhos, de puxar o cobertor. Eu não reclamo, pois estar grávida, no calorão, deve ser brabo, mas confesso que a falta de sol e o clima instável já está enchendo o saco!


terça-feira, 28 de maio de 2013

Quem quer pão?

Desde pequena o universo da cozinha me encanta. Quando tinha uns 8 anos experimentei cozinhar com a "massa mil", um pó que dava pra preparar bolos, pães, etc. Depois de um tempo nunca mais o encontrei.
Esses dias achei no site da gnt uma receita de pão de milho e pela primeira vez não me "assustei" em tentar fazer. Geralmente vejo que tem que sovar horas, esperar, usar tempero biológico e acabo achando um pouco complicado. Desta vez, vi uma receita facílima que só requer tempo para crescer o pão. Fiz no sábado, e não é que deu certo? Ficou uma delícia! Nossa, pão caseiro, que luxo!Não vejo a hora de fazer de novo.
Neste link está a receita:

segunda-feira, 20 de maio de 2013

Leia antes de consumir

Nos últimos meses houve uma grande polêmica, aqui na Europa, relacionada ao uso da carne de cavalo. Pelo que acompanhei no jornal da TV, ao invés de carne bovina foi usada a de cavalo em lasanhas congeladas, etc.
Aqui na Croácia, até onde eu saiba, não encontraram. Também não é comum o consumo, já na Eslovênia há pelos açougues e restaurantes vários pratos, nunca provei, pos como sabem, não como carne, só peixe e frutos do mar.
Semana passada, para a minha surpresa, fui a uma pizzaria que gosto muito e me deparei com o quadro abaixo: está escrito, na segunda linha, pizza de carne de cavalo! Uau! Essa não esperava! Será que vai virar moda?

quinta-feira, 16 de maio de 2013

Estar grávida na Croácia

Minha experiência como grávida na Croácia tem sido muito boa quanto ao sistema de saúde. Como sou estrangeira e ainda não tenho cidadania, pago uma quantia mensal pelo seguro obrigatória ou quando estou empregada, a empresa o faz. As minhas consultas que antes custavam cerca de 3 reais, agora são gratuitas. 
Costumo ir ao posto de saúde, não preciso marcar consulta já que estou grávida. É só colocar o meu cartão e esperar a chamada, variando de 15min a 2h. A minha médica é muito atenciosa e estou muito satisfeita. Até o sexto mês, fui uma vez ao mês com ela e desde o quinto, a mesma frrequência no hospital em que darei a luz. Tenho ido agora a cada 3 semanas, feito os exames que me pedem e está tudo certo com o bebê! 
Aqui há muitas mulheres que vão em consultórios privados durante a gestação. Posso dizer que não sinto necessidade. 
Os partos, em geral, são normais, somente em caso de necessidade é cesárea. O uso de ocitocina e epidural é escolhido pela paciente na hora. Faltam menos de 2 meses para o nascimento do meu baby e aí verei como será. Posso dizer que estou muito satisfeita com o sistema público de saúde croata, coisa boa!

terça-feira, 14 de maio de 2013

Amo muito tudo isso

Hoje tive duas deliciosas surpresas: o meu primeiro morango amadureceu e encontrei cerejas na feira!
Desde que fiz a minha hortinha, tem sido uma delícia acompanhar diariamente o crescimento das plantinhas e usar os temperinhos na hora de cozinhar. Até agora, os tomatinhos floriram, os morangos estão enormes e amadurecendo e as ervas continuam se desenvolvendo e enchendo os meus pratos de sabor!
Fomos hoje à feira e encontrei a tresnja, um tipo de cereja só que mais doce, adoro! Compramos meio quilo e já devoramos. Estava já contando os dias para poder comê-la.
Como já comentei aqui no blog,  cada estação traz os seus sabores, frutas e legumes, ao contrário do Brasil que temos tudo o ano todo. Desta forma, vou programando as receitas, usando os alimentos que disponho e esperando com alegria o que está por vir.



segunda-feira, 6 de maio de 2013

Documentários sobre partos

Recentemente descobri dois documentários sobre parto natural que me deixaram muito contentes. Compartilho aqui para aqueles que apoiam este movimento que tem acontecido ultimamente através do incentivo ao parto humanizado, doulas, etc.

O Renascimento do parto assisti somento ao trailer:
http://www.youtube.com/watch?v=3B33_hNha_8

Já o documentário Hanami, sobre a casa de partos e Floripa, está na íntegra neste link.

http://vimeo.com/32652284

P.S Estou grávida! Daí a minha frequência de posts ter diminuído nos últimos meses!

sexta-feira, 3 de maio de 2013

Minha cidade, meu destino: Zagreb

Oi pessoal, fui convidada pelo Michel do blog rodando pelo mundo pra escrever sobre Zagreb como a minha cidade, meu destino. Convido a todos que queiram dar uma lida passar no blog dele abaixo!




quarta-feira, 1 de maio de 2013

Nin

Se tem uma coisa interessante aqui na Croácia, que é o contrário do Brasil, são as proporções! Aqui há a menor cidade do mundo, Hum e a menor catedral do mundo, em Nin.
Nin é uma cidadezinha pertinho de Zadar, na costa que teve grande importância na história croata.
Há duas semanas, quando estivemos na praia, visitamos mais uma vez esse belo povoado. Acho bem charmozinho, a montanha Velebit de fundo da um toque especial e é claro a igreja Sv. Kriz é a atração principal. É difícil de imaginar como que as missas ocorriam ali. O espaço realmente é bem limitado, mas cabem algumas pessoas. A igreja é do século IX! Acho que pra quem está em Zadar vale a pena dar um pulinho ali, além do museu do sal, pois o local é uma região de Salinas.

sexta-feira, 19 de abril de 2013

Minha hortinha

Com este sol lá fora nada melhor que aproveitar e fazer um hortinha. Tenho uma micro, literalmente, sacadinha onde coloquei as plantas. No fim de março, plantei umas mudas de hortelã, manjericão, cebolinha francesa e salsinha. Pra completar, consegui uns moranguinhos e semana passada tomatinho cereja! Pra minha alegria, ontem o morango floresceu pela primeira vez e o próximo passo será a formação do fruto. Nem acredito, poder colher em casa e comer diretamente, não tem preço!

                                          Minha hortinha!
                               A primeira flor! No mesmo dia encontrei mais uma!

terça-feira, 16 de abril de 2013

Ode à primavera

Estou totalmente em falta com o blog, mas agora vou tentar recuperar!
A primavera chegou, finalmente e na região da Dalmácia pude ver como ela chegou em peso. Que maravilha, as árvores florescendo, a grama verde, o mar azul refletido no céu sem nuvens, um milagre da natureza, sem exagero.
As pessoas sorriem nas ruas, o sol acaricia a pele e as coisas acontecem mais facilmente. Pra gente que está acostumado no Brasil com o sol o tempo todo e é difícil de imaginar. Mas morando aqui há 5 anos posso dizer que o clima influencia muito na personalidade das pessoas e que a Croácia é um país no frio e outro no calor.
Agora chegou a hora de curtir os cafés nas ruas, encontrar os amigos e ficar fora de casa. Os parques e parquinhos ficam cheios e os pais com crianças enchem os locais. Parece um baby boom! Que o clima continue assim e não esquente tão rápido!


quinta-feira, 4 de abril de 2013

E a Páscoa passou

O bom de morar em algum diferente é que a cada ano aprendemos algo novo. Desta vez, descobri que há um costume, um tanto bizarro, de quebrar os ovos e o mais resistente ganha! É mais ou menos assim, depois de se cozinharem os ovos, cada pessoa pega um e bate em cima do outro. Aquele que resistir a mais batidas, vence! Vi até na Tv o concurso numa cidadezinha e confesso que fiquei meio supresa, pois não conhecia.
Outra novidade foi saber que se tingem os ovos com umas ervas e eles ficam verdes! Isso descobri ontem, casualmente, ao perguntar aos alunos como foi a Páscoa e se o coelhinho tinha passado na casa deles!
Gosto destes costumes que nos aproximam das antigas tradições e conectam com nossas raízes. Ainda me lembro de pintar os ovinhos, quando era pequena e preenchê-los com amendoim doce. Bons tempos!


terça-feira, 26 de março de 2013

Feliz Natal ou Páscoa?

Ontem tive a infeliz experiência de ir ao dentista, no meio da tarde, com neve sem parar. Até aí tudo bem, não sabia o que me esperava. Depois da consulta fui a pé na casa dos meus sogros, o que geralmente são 5 minutos caminhando. No meio daquela neve toda, começou um vento de rachar. Os meus pés estavam molhados, pois não tinham limpado a rua e tinha que caminhar pelo meio da rua, pois pelas calçadas estava impraticável. Devo ter caminhado 10 minutos, mas a sensação era de uma eternidade. Quando vi o termômetro, -5 graus! A sensação térmica com aquele maldito vento com certeza era de -10. Não me lembro da última vez que me incomodei tanto. A minha pele do rosto ficou vermelha até hoje!
Agora me digam, como é que pode, estamos na Páscoa e aqui nevando como se fosse Natal! Eta mudanças climáticas, hein!


quinta-feira, 21 de março de 2013

Minha flor predileta


Quando chega nesta época, além de querer comer os frutos e legumes fresquinhos da estação, sempre compro os meus queridos amor perfeitos! Sou simplesmente apaixonada, desde pequena, por essas lindas flores. Fico horas admirando-os nos jardins nas ruas e agora, dentro da minha casa. A diversidade das cores, a textura aveludada e sua vivacidade me encantam.
Oficialmente a primavera chegou, mas o tempo continua chuvoso, nublado e fresquinho. Depois de alguns dias com a calefação desligada, voltamos a ligar. Espero que logo logo a situação mude e o sol volte. Os galhos das árvores começam a ganhar brotos lentamente e os jardins cores. Adoro!



quinta-feira, 14 de março de 2013

Matovilac e a neve

Estava muito contente com a chegada da primavera, dos sabores que adoro e principalmente desta verdura abaixo que se chama matovilac. Sinceramente, nunca tinha provado no Brasil e não sei se tem. Descobri há alguns anos e adorei! Para mim um dos primeiros sinais de que a primavera está aí é comer salada! Ah, que saudades! 
Matovilac é uma folinha simples, sem um gosto muito particular, mas com um gostoso óleo de oliva e uma pitada de sal fica uma maravilha. Comprei até uns tomatinhos que devem ter vindo da Espanha, mas enfim, estávam bem docinhos! Coisa boa!
Tudo estava indo bem, o sol sumiu de novo, nomal. De repente, fiquei sabendo da nevasca nos outros países em volta e quando abri a cortina hoje ela estava ali novamente, a neve! Parece que estou num filme, tudo branquinho, os flocos caindo sem parar, parecendo lindos algodões e a primavera ficando mais longe do que nunca. 

segunda-feira, 11 de março de 2013

Croácia, um país medieval: batalha em Samobor

 Fim de semana passado fui a uma feira medieval e reconstituição de uma batalha de 1421, entre croatas e poloneses. Fiquei surpresa com a diversidade de objetos, estandes, pessoas envolvidas. O dia tinha sol e todos estavam nas ruas de Samobor.
Às três da tarde começou a incenação da batalha, nos pés do morro, num terreno que ainda não bate sol e estava cheio de neve. Comecei a ver aquelas pessoas vestidas com armaduras, roupas pesadas, peles. Como deveria ser a vida naquela época com tão pouca infraestrutura comparado aos nossos dias. Me deu frio só de olhar. Houve tiros, canhões estourando, fogo por todos os lados e uma atmosfera incrível. Durou menos de meia hora, mas foi o suficiente para nos remeter a um passado que, no Brasil, nunca tivemos.
Todos os anos esse evento acontece e os croatas se orgulham da vitória.



terça-feira, 5 de março de 2013

Lago Jarun

Um lugar que gosto muito em Zagreb, mas acabo visitando pouco é o Lago Jarun. Ele é artificial e considerado a "praia" dos zagrebinos. Há ciclovias, cafés, chuveiros, locais para caminhar, andar de patins e lugar para shows. No verão fica cheio de gente tomando banho de sol e de lago.
Este fim de semana fez sol, foi o segundo dia seguido após 3 semanas! Bom demais! Todos os zagrebinos saíram de casa e foram "lagartear" como dizemos no sul, ou seja, ficar no sol, nos cafés curtindo o dia lindo e o quentinho. É incrível como o tempo influencia o humor das pessoas e claro, o meu. Faz muita falta a luz e o calor, mas agora parece mesmo que a primavera está dando as caras, pois hoje já é o quinto dia de sol.
O que gosto do Jarun é a água, a amplidão do lugar, pessoas caminhando e fazendo exercício. Mesmo encasacados, há um clima mais de praia que só se vê lá, pra quem vive em Zagreb.  




quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

Ainda não é Páscoa, mas é hora de bacalhau...

Hoje fiz este bacalhau da foto para esperar uma repórter de um jornal local. Fui convidada a dar uma entrevista sobre as comidas que se comem na Páscoa no Brasil. Alguns estrangeiros, que há tempos moram aqui na Croácia, serão entrevistados. Sairá no jornal de domingo daqui e postarei. A coincidência é que há quase 4 anos e meio o mesmo jornal me entrevistou na faculdade quando eu estava fazendo um teste de croata. Apareci na reportagem: por causa do amor aprendi croata! Coisas do destino...:)
Encontrei esta receita, no meu adorado panelinha.com.br, pois a de bacalhau com natas da minha mãe, não deu tempo de pegar. Adoro bacalhau e o cheirinho me lembra infância. É tão bom fazer esses pratos, parece que a gente volta no tempo, bizarro!
A receita não pode ser mais fácil e rápida. Adorei! Agora espero a equipe para fotografar e depois devorar, não vejo a hora! Pra quem gosta de bacalhau indico, mesmo sem ter provado! Bom apetite!
P.S Fiquei pensando se é só na minha casa que se comia bacalhau na Páscoa, pois a minha vó era portuguesa e tal, mas dei uma falada com outras pessoas, para confirmar e vi que é um costume em vários lugares.

sábado, 16 de fevereiro de 2013

Incursões pela cozinha croata, parte II: torta de frutos do bosque

Só o nome desta torta já me faz ficar com água na boca. Anteontem me deu uma vontade de comer um doce com morangos. Eu os vi no super, dia dos namorados, mas estavam caríssimos e como não é época sabia que não estariam gostosos. Mais do que isso, a preguiça de sair de casa... Me lembrei do pacote de frutas do bosque congelados e de uma torta doce da minha sogra, divina! Vi a receita, encontrei todos os ingredientes, exceto a manteiga que estava no fim. Fiz da mesma forma, menos da metade da receita, só para provar e não é que ficou muito bom! Geralmente não faço os doces da sogra, pois são os melhores! Mas sempre é bom descobrir que a gente também pode fazer e não precisa esperar.
A receita além de ser uma delícia é muito fácil e rápida de fazer. Sempre tive a impressão que esses doces levam horas, mas este não! Era só uma camadinha de bolo, creme de ovos, frutas e merengue! Altas elaborações comparado aos doces que costume fazer.
Bem, depois de falar tanto, deixo a foto abaixo que não faz nem um pouquinho jus ao gosto.

quarta-feira, 13 de fevereiro de 2013

Incursões pela cozinha croata: krumpiruša!

Depois de ter postado sobre a pita, torta salgada, encontrei uma receita e tentei fazer. É claro que fiz uma versão mais fácil, com massa pronta, hehe. O recheio de batata é meu preferido e ficou muito bom. A massa era gostosa, mas faltou passar mais óleo, agora entendi por que elas são tão gordurosas geralmente, senão ficam secas! 
O resultado ficou bom e da próxima ficará melhor ainda!