segunda-feira, 26 de abril de 2010

Almoço de domingo




Domingo é dia de reunir a família, almoçar, botar os assuntos em dia e descansar. Pra mim o dia de ontem foi simples e gostoso. Depois do almoço na casa dos sogros fomos tomar café no jardim. As flores abertas e coloridas, os pássaros cantando, as árvores esverdeando, as formigas caminhando e eu lendo Pepetela " A Geração da Utopia". Não tem coisa melhor que ficar no sol lagarteando e ler um bom livro. Desde que comecei a preparar as aulas sobre a África Lusófona não paro mais de ler os autores moçambicanos e angolanos. Antes foram o Mia couto e a Paulina Chiziane, agora é o Pepetela. Me sinto viajando no tempo de volta na época da Guerra Colonial de Angola. Minhas raízes africanas vibram em cada pedacinho do meu ser. Parece que descobri algo que estava adormecido em mim. Acho que é meu sangue brasileiro que esta finalmente sendo integrado internamente.

quarta-feira, 21 de abril de 2010

Cotidiano


A vida nos passa desapercebida na maior parte do tempo. Enquanto escovamos os dentes diariamente, tomamos café, almoçamos, dormimos, etc. Na maioria das vezes é preciso que algo ruim nos aconteça para que percebamos a riqueza que temos. É quando vemos o negativo que passamos a valorizar o quanto possuímos. No dia-a-dia, tudo passa num piscar de olhos e quando nos damos conta, já foi. Tentamos ser um melhor funcionário, professor, pai, mãe, pessoa e isso nos faz esquecer do que realmente somos e temos. Um corpo perfeito não nos fará mais feliz a não ser momentaneamente. Um dinheiro a mais no fim do mês servirá por minutos ou horas como grande benefício, mas depois será esquecido e assim por diante. Mas o que fica por trás de tudo isso? Quem são os autores destas ações diárias e repetidas? Temos as mesmas vidas, os mesmos problemas, as mesmas angústias e felicidades. Sentimos o mesmo e buscamos o mesmo. Acho que muitas vezes nos esquecemos de quem somos e do que queremos. Mas afinal, o que nos falta?

terça-feira, 20 de abril de 2010

Folclore brasileiro



Nesta vida de preparação aulas, o que mais faço é ler, assitir documentários e filmes. Acabei de ler alguns livros da escritora Luciana Savaget. Ela é uma jornalista apaixonada por lendas e histórias e escreve livros sobre folclore pra crianças, adolescentes e adultos, além de outros temas. Descobri sua obra ao saber que ela virá no fim do ano para Zagreb fazer uma palestra aqui na faculdade. Depois haverá um concurso de monografias e eu farei parte da banca.
Ao ler seus livros fiz uma viagem à infância, às lendas e mitos que ouvia quando era pequena. Me lembro muito bem de estar em Caxias do Sul com o pai e ele cantando a música do Negrinho do Pastoreio. Nunca esquecerei desta imagem. As lendas e histórias pra crianças ficam no nosso imaginário, criam um espaço único em nossas mentes e alegram nossos corações! Acho que todos nós deveríamos ler novamente os livros da nossa infância, seria uma boa forma de nos conectar com o que fomos!

domingo, 18 de abril de 2010

Música brasileira


Neste fim de semana assisti um documentário muito bom feito por um finlandês, sobre o choro brasileiro. Excelente! Chama-se Brasileirinho. É muito legal ver a nossa música com uma visão de fora ainda mais estando no exterior! A riqueza, a variedade de ritmos, as diferentes origens tornam a música brasileira única no cenário mundial!
Estamos organizando, na faculdade, o dia da Cultura brasileira no dia 18 de maio. Já me meti no meio, é claro, e vamos mostrar filmes, fotos, haverá apresentação de Capoeira, oficina de Samba, uma cantora brasileira, além de pão de queijo, caipirinha e um bate-papo comigo e outras duas croatas que já viajaram e viveram no Brasil! Acho muito legal esta iniciativa da Faculdade e percebo um crescente interesse dos croatas pelo nosso país!
Daqui a uma semana tem um Ciclo de filmes brasileiros aonde sempre vou e que mostra filmes muito bons! É muito bom ver a nossa cultura estando longe daí, me dá uma saudade, um orgulho muito grande e fico feliz em estar representando e mostrando um pouquinho da nossa história e raízes!

sexta-feira, 16 de abril de 2010

Viagem pela Croácia










Aqui estão alguns lugares onde eu gostaria de viajar agora. Fazer uma pequena mala e sair sem direção. Em uns deles meu irmão e cunhada estiveram, em outros a minha mãe passou!Estive em todos eles!
Dubrovnik 1 e 2, Cavtat, Pula, Šibenik, Krka, Vrelo Gadske, Motovun, Rovinj 1 e 2.

quarta-feira, 14 de abril de 2010

O blog e minha história!



Correria, problemas com o computador e internet, mas enfim aqui estou eu!
Seguindo a sugestão da Martinha vou explicar como vim parar aqui!
Vim pra Europa, em novembro de 2007, viajar, conhecer e visitar meu irmão. Depois a minha mãe veio junto e passeamos por diversos países! Lindo demais, uma baita experiência!Quando estávamos no Porto, cidade do meu bisavô, pegamos um ônibus de turismo e ali conheci o Yerko. Eram muitas coisas em comum e muitas descobertas!Ele era croata, eu brasileira; ele era professor de geografia, eu de história. Assim foi, muito rapidamente nos apaixonamos e me mudei 1 mês depois pra cá!
Hoje, após 2 anos morando aqui, dou aulas na Faculdade de Filosofia, no curso de Português, sobre História e Cultura Brasileira e África Lusófona! Além de dar aulas particulares de português e croata!
Enfim, é por isso que criei o blog, para dividir um pouquinho desta vida de brasileira na Croácia com vocês!

sexta-feira, 9 de abril de 2010

Fim de semana!



Caminhar em Zagreb na primavera é aventurar-se nas ruas pelos diferentes caminhos e cheiros. As árvores estão cobertas de flores e o sol brilha diariamente!As pessoas estão por todos os lugares. Com isso se pergunta: o que fazer no findi? Muitas são as respostas! Ir aos parques, sentar nos gramados, tomar café, caminhar pelo centro, ir ao zoológico,ir ao Jarun (lê-se Iarun)um parque onde tem um lago artificial para se banhar e onde se praticam diversos esportes! Em Porto Alegre ele seria a nossa orla do Guaíba em ipanema! Mas não poluído, é claro!:)
Também há outras alternativas que envolvem um carro, como por exemplo, ir à praia! Pode se ir à Rijeka (lê-se Rieca)que é a mais perto, 2 horas mais ou menos!Quem tem tempo, dinheiro ou paciência desce para Dalmácia (costa no sudoeste da Croácia) e aproveita as lindas praias também!
Enfim, as dicas estão dadas!Falta planejar e botar o pé na rua! Ficar em casa não está com nada!Eu não sei pra onde vou, só sei que vou preparar o meu chimarrão e depois veremos!!!

quarta-feira, 7 de abril de 2010

África


Não é fácil preparar uma aula sobre a África. São tantos países, culturas diferentes, segredos que não temos nem idéia. Nossa educação peca muito ao não nos ensinar sobre este fantástico continente. Acho muito legal que começou a ser obrigatório o ensino nas escolas brasileiras. No mínimo, temos que saber quais são as nossas raízes, de onde viemos pra podermos valorizar mais a nossa cultura. Temos tantas coisas em comum! O pouco que tenho estudado, pra dar estas aulas aqui,me mostra que somos ignorantes.
Penso no que ensinar, o que falar para estes croatas sobre a África Lusófona. A partir de meus parcos conhecimentos e experiência, decidi começar do zero. Passei a falar sobre a África como berço da humanidade, os Egípcios, Núbios e assim por diante. Não adianta falar sobre Angola, Moçambique, Cabo Verde, São Tomé e Príncipe e Guiné Bissau, senão sabemos o porquê que eles são países lusófonos.
Enfim, achei um jeito de começar a disciplina, a partir de minhas dúvidas e conflitos. Acho que já é um início!

domingo, 4 de abril de 2010

A Páscoa na Croácia!



Diferentemente do Brasil, a refeição principal da Páscoa na Croácia é o café da manhã. Toma-se um gostoso chá de maçã com canela acompanhado de presunto, ovos, cebolinha, rabanete e pão. É praticamente uma refeição!
A tradição é fazer ovos decorados chamados de "pisanica"(lê-se pissanitsa) . Se cozinham os ovos enrolados em plantinhas, cobertos por uma meia-calça, com cascas de cebolas. O resultado é o que se encontra acima!Lindo, né?E por incrível que pareça, aqui os ovos de chocolate não são o tcham da Páscoa e sim, só uma lembrancinha. Os supermercados daqui também não são cobertos de ovos nos tetos, como os nossos!
Pra terminar, o feriado é na segunda-feira e não na sexta.
Estas são apenas algumas das diferenças entre a nossa cultura e a dos croatas!

sábado, 3 de abril de 2010

A primavera chegou!


A primavera chegou. O sol aparece quase todos os dias. As pessoas andam pelas ruas. O vento sopra frio, mas o sol aquece. As roupas escuras dão lugar aos tons coloridos. Os jovens usam seus óculos de marca, suas roupas espalhafatosas e suas maquiagens não ficam tão fortes. Alguns sorrisos arriscam a aparecer. As ruas acumulam gente e todos buscam um lugar ao sol nos cafés. O verde da grama, das árvores surge no meio do nada. Devagarinho as flores dão o ar da sua graça e encantam as praças e janelas das casas. Enfim, a primavera chegou!