quinta-feira, 27 de julho de 2017

Começo da viagem: Lago bohinj

A primeira coisa que a gente aprende ao viajar de motorhome é que imprevistos acontecem! Pois então o primeiro foi a caixa de câmbio que parou de funcionar na Eslovênia! Paramos em Ljubljana, chamamos o Seguro e passamos a tarde na oficina com um mecânico bósnio-sérvio. Enquanto estávamos acampados, com mesa, café e cartas, lia Café Europa, livro excelente sobre o Comunismo nos países do Leste Europeu. Aula prática!
Resumindo, passamos a noite em Ljubljana e seguimos para Bled, passagem básica pra comer uma kremsnita (o mil folhas) e seguimos pro belo Lago Bohinj ao lado. Paramos num camping lindo, achamos um ótimo lugar na beira e arrumamos as coisas. Logo logo já tinha visto as diferentes nacionalidades dali, holandeses, franceses, belgas, já tinha descoberto os passeios de Sup, canoa, etc. A água gelada nos mantinha longe, mas os corajosos entravam e caíam, não sei como! Fizemos a primeira refeição dentro da Caranga, assim chamamos o nosso querido motorhome. Ficou delicioso! À noite passsamos frio fora do carro!!! Não estávamos preparados para friaca em pleno verão! Seguimos...
P.S Em breve virão fotos!! Meu celular foi perdido ou roubado na viagem hehe

sexta-feira, 30 de junho de 2017

Voltando! De autovan pela Europa: a saga!

Depois de muito tempo sem escrever me sinto inspirada com a viagem que começará amanhã: 1 mês de autovan pela Eslovênia, Itália e França! Nós 3, com o calor que tem feito, sem ar condicionado, vamos ver no que vai dar!
Pra quem não sabe o que é autovan, é tipo um motorhome só que menor, no formato de uma van. Tem banheiro, cozinha e duas camas de casal. É pequeno, mas grande o suficiente para nós 3! Nunca viajamos por mais de um dia, mas sou otimista.
Tipo essa abaixo, mas mais velinha.

Fonte da imagem http://www.happylittlecamper.com/gb/budget/
A ideia é parar onde nos agrada e ir partilhando aqui quando der!
Primeiro destino: Bled, Eslovênia, adoro!! Vai rolar kremsnita ceeerto! Aquele mil folhas maravilhoso que tem lá, imperdível! 

domingo, 4 de dezembro de 2016

Documentário: Quando sinto que já sei

Na minha busca por uma educação melhor encontrei este fantástico documentário brasileiro que mostra exemplos de uma educação melhor e mais livre no nosso país! Recomendo a todos! Espalhem!


segunda-feira, 14 de novembro de 2016

sexta-feira, 11 de novembro de 2016

Imperdível: Criança, a alma do negócio

Ultimamente tenho lido muito e assistido a documentários relacionados à infância e educação. Mais um recomendo, também da mesma produtora do Começo da Vida, Criança, a alma do negócio. É imperdível e inecraditável os números mostrados sobre o consumo infantil e a falta de regulamento da proganda direcionada ao público infantil. Creio que já mudou um pouco a situação no meio tempo, mas igual vale muito a pena assistir!
Fica a dica!

terça-feira, 8 de novembro de 2016

Documentário: O começo da vida! Assistam e recomendem!

Assisti, este fim de semana, o incrível documentário brasileiro O começo da vida. Recomendo a todos, pois é muito importante nos conscientizarmos sobre os 3 primeiros anos de vida!

"Investir na Primeira Infância é investir em uma sociedade melhor. 
Partindo deste importante princípio surge o documentário “O Começo da Vida". O filme traz, dentro de um contexto emocionante, a informação relevante de que os primeiros três anos de vida da criança são fundamentais e decisivos para seu desenvolvimento saudável, tanto na infância, quanto em sua vida adulta."


,

quinta-feira, 20 de outubro de 2016

Barcelona!

Depois de quase nove anos retornei à cidade de Barcelona, lugar onde estive no início da minha viagem para a Europa. Desta vez foi para fazer uma formação sobre a Infância e a Prevenção de Neuroses, com Evânia Reichert! Foi muito bom voltar e ver a cidade muito alegre, cheia de gente de todos os lugares, muito viva e intensa. 
Como já conhecia o Parc Güel e a Sagrada Família decidi sair caminhando pelo centro e acabei pegando um daqueles ônibus turísticos para ter uma noção ampla da cidade. Fiquei pasma com o tamanho e acabei nem vendo tudo, pois o trânsito era intenso e havia muitas rotas para ir.
Foi muito legal passar na frente do hostel que fiquei, Kabul e me lembrar de como foi a minha estadia lá 9 anos atrás! Viajar sem família é muito estranho e diferente do que quando solteira. Parece que ficou faltando um pedaço, mas mesmo assim consegui curtir.
Uma das coisas que mais gosto de Barelona são os diversos cafés, restaurantes com as "tapas", cervejas e vivacidade. Em cada esquina tem vários lugares diferentes e gostosos para experimentar. Matei as saudades do churros com doce de leite, alfarrores argentinos e empanadas! Comi, claro, tapas e pinchos! Fiquei no bairro de Gracia e adorei!
As minhas fotos virão depois já que meu celular estragou na viagem, mas com essas daqui já dá pra ter um gostinho de como é lá!

guideandgo.com