sexta-feira, 30 de maio de 2014

A família croata

Desde que nos mudamos, tenho caminhado muito pelo bairro e observado como as pessoas vivem por aqui. Tenho a sensação de morar no interior, o silêncio constante que parece domingo; o ar puro que respiro; o vento que sopra e o cheirinho de chuva na grama; as badaladas do sino da igreja; as mesmas pessoas passando todos os dias na mesma rua me cumprimentando!. Estou gostando desta experiência!
Uma coisa que me chamava a atenção que eu achava e agora se confirmou é a construção de casas grandes e com vários andares para as famílias morarem juntas. O nosso famoso "puxadinho" tem a versão vertical aqui na Croácia! A ideia é que cada família more em um andar, por exemplo, os pais no térreo, o filho com a esposa no primeiro, etc! Como moro num bairro praticamente de casas vejo que há muitas famílias morando juntas. Na casa dos nossos vizinhos, por exemplo, vivem 11 pessoas! 
No começo estranhei muito pois estava acostumada com "cada coelho na sua toca", mas no fim vejo que para algumas famílias funciona bem esta convivência. O que com certeza falta, digo por experiência, é privacidade, algo que apreciamos muito no Brasil (assim penso) e que aqui não tem tanta. 
Além de dividirem o mesmo espaço, muitos croatas são mais próximos das suas famílias do que  os brasileiros. Alguns falam com os pais todos os dias, compartilham o que fazem, conversam, tomam café, etc. No começo, quando cheguei, me surpreendi ao ver este comportamento. Nunca imaginei encontrar na Europa pessoas mais "quentes" do que nós (novamente, isso é a minha opinião baseada na minha experiência).
Fonte da imagem: http://www.makarska-post.com/index.php/inicijativa-u-ime-obitelji-prikupila-preko-pola-milijuna-potpisa/

sexta-feira, 16 de maio de 2014

Filme croata em cartaz no Brasil: Os filhos do padre

Para quem tem curiosidade para conhecer o cinema croata aproveite que está em cartaz em alguns cinemas brasileiros a comédia Os filhos do padre. Abaixo está o link do trailer. Fiquei sabendo que a história é verídica!

https://www.youtube.com/watch?v=2AhkpAwaJNU

terça-feira, 13 de maio de 2014

Quem casa quer casa

Após 6 anos de casada, praticamente, me mudei para minha casa. Casa pra mim é jardim, pé no chão, poder gritar quando quiser e não ter vizinho embaixo nem em cima. Pra minha alegria isso aconteceu há menos de duas semanas, razão do meu sumiço. Muita coisa fora do lugar ainda, sucata pra ser recolhida na frente de casa, detalhes a serem resolvidos, mas o gostinho de estar em casa, de colocar o pé na grama, de brincar com a filha lá fora e se balançar na rede, não tem preço (já diz o Mastercard)! 
As casas aqui na Croácia são um pouco diferentes das nossas, geralmente onde há o sótão costumam construir um andar e se têm quartos e banheiros nessas áreas inclinadas, vejam a foto. No começo achava estranho, mas agora acho que tem um certo charme. As janelas têm vidro duplo e podem se entreabrir, o que é muito útil e agradável no verão e em tempos quentes.Os jardins como já tinha comentado em posts anteriores são todos ajeitadinhos, as flores nas janelas e a grama cortadinha. Já percebi que sábado é dia de cortar grama. 
O que mais gosto e até agora ainda não consegui curtir é o costume de colocar uma mesinha na rua, cadeiras e tomar um cafezinho.O tempo tem estado bem louco, ora faz frio ora calor e a mesinha ainda não conseguimos arranjar. Os croatas sabem desfrutar do tempo livre e fico muito feliz de morar aqui e poder curtir esses momentos gostosos!



Fonte da imagem: http://drveta.fordaq.com/fordaq/srvAuctionView.html?AucTIid=16988674