terça-feira, 25 de março de 2014

Dicas de viagem para viajar pela Croácia com crianças

Recebi um e-mail de um leitor do blog pedindo dicas para viajar com crianças pela Croácia e aí resolvi escrever este post. 
Pelo que tenho visto, são poucos os brasileiros que se aventuram a viajar com crianças por aqui. Conforme a minha experiência, posso dizer que é possível fazer turismo, curtir e se divertir com elas É claro que o ritmo é outro, as expectativas também, mas vale a pena a experiência!
Bem, viajar pela Croácia com crianças é bem tranquilo. O país é seguro, as cidades são pequenas, então dá pra conhecer praticamente tudo a pé, se ficar hospedado no centro. A maioria das cidades são planas e quando têm lombas, dá pra subir com o carrinho. 
Quanto à troca de fraldas, são poucos os lugares que possuem trocador, os que sei são nos Shoppings Centers e nas drogarias DM. Recomendo trocar no carrinho, nos banheiros de cafés e restaurantes. 
As estradas são muito boas e possuem vários postos de gasolina com lojinhas de conveniência, banheiros e trocadores. Não é preciso pagar nada e eles costumam estar limpinhos mesmo com a multidão que passa por lá durante a alta temporada.
Quanto às praias, pelo fato de o mar não ter onda, fica super tranquilo de cuidar das crianças. Algumas são de pedra, outras de laje e pouquíssimas são de areia grossa. Muitas são muito fundas e precisa se sair de escada, aquelas de piscina. Sempre é bom procurar, antes de alugar algo, o tipo de praia pra não haver problemas. Sei que há hotéis que têm programações especiais para os pequenos.
Para os maiores, há muitas atrações legais de visitar como o órgão marítimo e o monumento do Sol aterrado em Zadar; a Arena de Pula; O Palácio do Diocleciano em Split; as muralhas de Dubrovnik; os Parques Nacionais; Hum, a menor cidade do mundo; Sokolarski Centar Dubrava onde se pode visitar aves de rapina; Čigoć, o primeiro povado europeu das  cegonhas onde elas são em maior número do que nós; castelos como os de Trakošćan e o Veliki Tabor; Kuterevo um povoado em que fica um abrigo para os ursos órfãos; entre outros lugares! 
Espero que com essas dicas mais pessoas se aventurem a viajar com os seus filhos por aqui!



Fonte da imagem: http://www.kuterevo-medvjedi.org/hr/index.php?option=com_content&view=article&id=84&Itemid=99&lang=hr

quinta-feira, 20 de março de 2014

Primavera


                                                    O meu pêssegueiro em flor

quinta-feira, 13 de março de 2014

Alimentação saudável

A alimentação é um assunto que sempre me interessou e gosto muito de escrever sobre isso. Já comentei aqui no blog, que durante o inverno, as opções de frutas, legumes e verduras diminuem muito. Com a chegada da Maíra e da introdução alimentar dela, temos nos preocupado mais ainda com a qualidade dos alimentos que ingerimos. Geralmente, tentamos comprar as coisas na feira, direto dos produtores, no entanto são poucos os produtos que não têm agrotóxico, na verdade, só o espinafre e o matovilac (tipo de folha de salada que já postei também).Por essa razão, fui atrás de uma outra saída e encontrei uma família que tem a sua fazenda e produz alimentos sem agrotóxico. Eles têm um estande no Dolac, em outra feira na cidade e mais duas lojinhas! Fiquei super contente e pra completar, eles entregam em casa de graça, se o valor for superior a 100kn (mais ou menos 50 reais). Já compramos e ficamos super satisfeitos! O sabor é outra coisa e a variedade é bem grande.
Uma recente descoberta no meu paladar foi este legume abaixo que se chama koraba. Nunca tinha comido nem reparado nele até o meu cunhado comprar pra mim quando a Maíra nasceu. A primeira vez que comi achei sem graça, mas hoje já consegui descobrir os seus encantos. Eu diria que é um aprente próximo do chuchu! O sabor muda conforme com o que se cozinha, o que é muito bom, pois dá bastante oportunidade de testar novas receitas.
Caso alguém saiba que exista no Brasil, me avise!