segunda-feira, 30 de abril de 2012

E chegou o verão...

Este fim de semana fez um tempo fantástico e com  ele o verão já deu as caras. Fomos num churrasco, na casa dos meus sogros e estava um dia maravilhoso, com pássaros cantando e andando pela grama, flores sorrindo para o sol e nós curtindo um breve descanso. 
A temperatura subiu tanto que ontem já estavam 31 graus em pleno abril! Deu pra suar um pouco, pois como aqui o calor é seco, a gente sua bem menos que em Porto Alegre. Não sei até quando vai ficar assim o tempo, mas já troquei meus edredons por um mais fino e já saí usando as minhas queridas sandálias. A cada ano espero o momento chegado de botar os meus pezinhos na rua! Ah, coisa boa!
P.S Foto do jardim dos meus sogros.
P.S 1 Amo amor perfeito!!!
P.S 2Vejam que amor o passarinho comendo na grama!



sexta-feira, 27 de abril de 2012

Plantando tudo dá

Há horas estou querendo plantar umas ervas aromáticas. Finalmente ontem consegui comprar sementes de manjericão, pois não tinha de alecrim nem hortelã. 
Hoje usei as minhas pazinhas fofas que ganhei de presente do meu irmão e cunhada. Me senti uma expert! Mãos à obra, plantei numa sementeira e agora é esperar pra ver! 


quinta-feira, 26 de abril de 2012

Criatividade no dia a dia

Assisti no blog da Carol Daemon e vou reproduzir aqui porque achei genial!
http://caroldaemon.blogspot.com/2012/04/para-abolir-escada-rolante.html


quarta-feira, 25 de abril de 2012

Tempo atípico

Na última semana, o tempo esteve muito estranho. No mesmo dia choveu, abriu sol, ventou etc. Geralmente nessa época já está bem mais estável e quentinho. Hoje abriu sol, mas vou levar uma sombrinha caso chova. Nos últimos dois dias me esqueci de levar e por sorte me emprestaram uma ou fugi da chuvinha na hora certa.
Essa época do ano é muito agradável de se viver aqui. É quando começam a ter nas feiras mais legumes e frutas frescas, os sabores são mais acentuados e os preços mais baixos! Fico contando os dias pra comer morango, abobrinha, cerejas, abóboras e uvas. Tudo tem a sua época. Depois de 4 anos, já me acostumei com as mudanças das estações e o que vêm com elas!


domingo, 22 de abril de 2012

Zagreb: Máquina do tempo

Sábado de manhã, em Zagreb, é o dia em que se vai ao mercado Dolac comprar verduras, frutas e flores. Toma-se um café no sol, conversa-se com os amigos e disfruta-se do bom tempo.
Ontem, quando eu estava passeando pelo centro, vi que começou a chamada Máquina do tempo. É um projeto da Associação Turística da cidade, para incentivar o turismo, que reúne uma porção pessoas fantasiadas de personagens históricos croatas. A sensação que se tem é realmente de voltar no tempo. Me deparei com um baile, no coreto, com várias pessoas vestidas à carater.   
O interessante desse projeto é que além de se ver jornaleiros, escritores, soldados e governantes dos séculos XVIII e XIX, pode se parar para falar com eles e aprender a história de cada um. Ano pasado conheci alguns deles, ao guiar alguns grupos, e tiramos umas fotos bem legais! 


Zagreb: Máquina do tempo vai de 21.4 até 30.9, acontece na Cidade Alta aos sábados, das 17 às 20 horas, quando o tempo está bom.

quinta-feira, 19 de abril de 2012

Museu de Krapina

Muita gente não sabe que a Croácia foi o lugar em que mais se encontrou restos de neandertais, de até 30 mil anos atrás, na Europa. É por essa razão que construíram o Museu de Krapina, na cidade que leva o mesmo nome.
O museu foi renovado há poucos anos e nele se investiu grande quantidade de dinheiro, tornando-se um dos melhores na sua área. Foram feitas esculturas de cera que são perfeitas réplicas das famílias neandertais.
Caminhar pelo museu é como se voltássemos no tempo e aprendessemos de onde viemos. Uma experiência muito interessante que nos faz refletir sobre as nossas origens. Pra quem tem interesse nesse assunto e um dia à mais em Zagreb, sugiro o passeio!
Foto: Museu de Krapina

terça-feira, 17 de abril de 2012

O que comer na Croácia?


Muita gente que vem pra Croácia não tem ideia do que se come por aqui. Como o país é um ponto de encontro de diferentes culturas e influências, a variedade na comida é muito grande. Há muitas massas e pizzas, por causa da proximidade dos italianos. Sarmas e gulashs (o primeiro já postei aqui, são os enrolados de carne moída com arroz no repolho, o segundo é um tipo de ensopado com carne, legumes e o tempero páprica) são comuns por estarmos ao lado dos húngaros. Da Bósnia, vêm os cevapis, burek e doces turcos como baklava, hurmasica, etc. Na costa, os peixes são acompanhados de legumes e geralmente vêm a bela combinação de acelga com batatas regadas com óleo de oliva. Hmm, adoro!
Bem, o almoço de hoje, como podem ver, foi truta com batatas. Na Croácia há muito e o preço é barato! A primeira vez que comi truta foi aqui, não tinha provado quando morava no Brasil.
Há locais em que se criam e se compra na hora, bem fresquinha. Pra quem gosta, é uma boa pedida!
P.S Quase me esqueci de falar do cordeiro! Por todo o país se encontram em espetos girando na frente dos restaurantes.

domingo, 15 de abril de 2012

Viva a primavera: lilás



Desde que vim morar na Croácia, passei a conhecer novas plantas e flores. Uma das minhas preferidas são as lilás. Lindas flores brancas, rosas ou lilás que têm um cheiro maravilhoso!
Ontem a minha sogra ganhou de aniversário este bouquet lindo e o Jerko conseguiu convencê-la a nos dar, já que ambos somos apaixonados por lilás.
Ultimamente a minha "sensação" do momento é caminhar pelas ruas cheirando os jardins alheios. Parece estranho, mas é verdade, pois é incrível o perfume das flores neste início de primavera.
Não sei se há no Brasil as flores lilás, mas já vi num episódio do Sex and the city que nos Estados Unidos têm! Pois, conforme a minha pesquisa rápida na internet, a sua origem é da Eurásia.
Aqui se chama Jorgovan e na wikipedia encontrei o nome popular de lilás em português.
Deixo aqui a foto do bouquet para embelezar o nosso domingo!

quinta-feira, 12 de abril de 2012

Estação de trem


Ontem, quando estava esperando a carona do Jerko na frente da estação de trem, comecei a me lembrar da primeira vez que cheguei em Zagreb. Foi ali mesmo, vim de Praga pra visitá-lo e fiquei quatro dias. Cheguei de noite, depois de viajar o dia todo e na estação estava o Jerko com um sorriso no rosto. Eu estava cansada e ansiosa, fazia uma semana que a gente não se via. A primeira impressão de Zagreb foi muito boa, achei lindíssima a estação, a praça na frente e a cidade de noite.
Engraçado como, quando a gente quer, podemos nos reportar ao passado e acessar algumas lembranças e sentimentos. Parece que estamos ali da primeira vez e tudo é novo. As primeiras ruas, prédios que vi; locais que conheci e estranhei; paradas de bonde e ônibus que não sabia onde eram, etc.
Hoje em dia passar pela estação faz parte da minha rotina. As vezes esqueço da beleza desse prédio, sua história e significado. Pensar que antes esse era o limite da cidade e hoje é muito maior.
Acho legal de vez em quando fazermos uma reflexão sobre o passado. Parece que ao lembrarmos do que nos aconteceu, tudo faz mais sentido hoje.

quarta-feira, 11 de abril de 2012

Eco ball: faz milagres



Esse fim de semana presenteamos meus sogros com a eco ball para lavar a louça. Quando compramos a nossa para a roupa, ganhamos esta.
No almoço, testamos na mesma hora e até abrir a máquina, devo confessar que eu estava meio cética em relação ao funcionamento, mas ficamos de boca aberta. E não é que realmente deixou a louça limpíssima e sem gordura?! Achei o máximo! Os meus sogros, que não se preocupam muito com essas coisas, adoraram e acharam muito prático. Espero que dure bastante como diz na embalagem, 1000 lavagens!
Essa bola da foto é a nossa. A da louça é igual, mas um poquinho menor.

domingo, 8 de abril de 2012

Páscoa econômica, reciclada e engraçada



Ontem, ao prepararmos as lembrancinhas de Páscoa, o Jerko teve uma ideia muito criativa e engraçada: usar os cartões de Natal que recebeu dos alunos para dar pra família! Ele riscou as palavras relacionadas ao Natal, acrescentou outras e desenhou alguns coelhinhos! O resultado foram algumas gargalhadas, sorrisos, reciclagem de papel e economia.
Outra coisa interessante que aconteceu, foi que desta vez, ao invés de ganharmos chocolates, recebemos ovinhos tingidos e pintados. Cada parte da família deu aos outros alguns ovos e saímos com a sacola cheia! Olhem a minha cestinha cheia com os novos presentinhos, que fofa!
Gostei muito das surpresas que aconteceram. Legal como a criatividade e alguns detalhes simples acabam dando um toque especial!

sábado, 7 de abril de 2012

Meus ovinhos


Como disse que postaria, aqui estão meus ovinhos tingidos com casca de cebola! Acho-os lindos e cada fez que faço ficam diferentes!
Não comemoro a Páscoa como uma data religiosa, mas gosto das tradições e costumes. Pra mim, o importante é estar com a família nessas datas. Infelizmente estou longe de quase todos, mas através do skype consigo me sentir mais próxima!
Saudades da família e lembranças do tempo em que a minha mãe fazia as patinhas dos coelhinhos com talco, escondia os ovinhos atrás do sofá! Quando íamos na casa da vó, saíamos a procurar os ovos por toda a casa. Ah, bons tempos! Bacalhau no almoço de domingo, família reunida, todo mundo junto em volta da mesa. A gente cresce e as distâncias aumentam. Cada um tem uma família, mora num canto do Brasil ou do mundo! Enfim, faz parte da vida.
Feliz Páscoa para todos!

quinta-feira, 5 de abril de 2012

Ovos de Páscoa


Das diversas formas que os croatas enfeitam os ovos, essa é uma das que mais me chamam a atenção. Esses foram colocados na frente da catedral de Zagreb, bem no centro. Diversos turistas e pessoas que passam por ali ficam admirando e tirando fotos. Realmente são muito bonitos e retratam regiões croatas e motivos religiosos.

domingo, 1 de abril de 2012

Preparação para a Páscoa


Como já falei em posts anteriores, a tradição aqui na Páscoa são os ovos coloridos. Podem ser forrados com guardanapos, pintados ou tingidos com casca de cebola. Acho muito interessante esse costume de decorar os ovinhos. Tenho doces lembranças lá de casa e na Tia Sara quando pintávamos e recheávamos com ameindoim. Era muito divertido e a sensação de fazer algo era muito boa.
Hoje em dia, me parece que esquecemos algumas tradições. Talvez por causa do pouco tempo ou porque há tudo pronto. Com certeza o fato de eu ter me tornado adulta influencia muito!
Tenho juntado cascas de cebola pra tingir os ovos, como tenho feito nos últimos anos. Quando ficarem prontos, postarei.
Gosto muito de passar pela casa do meu vizinho e ver o arbusto cheio de ovinhos! Vou tentar tirar uma foto e colocar aqui. Por enquanto compartilho minhas arrumações que coloquei ontem na mesa pra entrar no clima!