quinta-feira, 12 de abril de 2012

Estação de trem


Ontem, quando estava esperando a carona do Jerko na frente da estação de trem, comecei a me lembrar da primeira vez que cheguei em Zagreb. Foi ali mesmo, vim de Praga pra visitá-lo e fiquei quatro dias. Cheguei de noite, depois de viajar o dia todo e na estação estava o Jerko com um sorriso no rosto. Eu estava cansada e ansiosa, fazia uma semana que a gente não se via. A primeira impressão de Zagreb foi muito boa, achei lindíssima a estação, a praça na frente e a cidade de noite.
Engraçado como, quando a gente quer, podemos nos reportar ao passado e acessar algumas lembranças e sentimentos. Parece que estamos ali da primeira vez e tudo é novo. As primeiras ruas, prédios que vi; locais que conheci e estranhei; paradas de bonde e ônibus que não sabia onde eram, etc.
Hoje em dia passar pela estação faz parte da minha rotina. As vezes esqueço da beleza desse prédio, sua história e significado. Pensar que antes esse era o limite da cidade e hoje é muito maior.
Acho legal de vez em quando fazermos uma reflexão sobre o passado. Parece que ao lembrarmos do que nos aconteceu, tudo faz mais sentido hoje.

2 comentários:

  1. Mailia: tua love story foi muito apreciada e contada pois a María me pediu que eu a contasse [essa linda história de amor ] para um amigo dela japonês que a ouviu com mta atenção ;tão linda! tão romântica.... Beijos e felicidades Marta

    ResponderExcluir
  2. Mami,
    bom saber que estiveste com a Maria e seu amigo! REalmente é uma linda história!
    Beijos e saudades!

    ResponderExcluir