sábado, 20 de outubro de 2012

APELO GUARANI-KAIOWÁ

Li e copio do facebook da Evânia Reichert. Deve haver algo que possamos fazer, não consigo acreditar que depois de 500 anos de ocupação do território indígena eles continuem sofrendo e lutando por reaverem suas terras. 

¨O GRITO GUARANI KAIOWA - a comunidade Guarani Kaiowa decide por morte coletiva frente a ordens de despejo de terras sagradas, indígenas decidem por morte coletiva, e pedem para serem enterrados no local. 

"Nos matem e enterrem coletivamente"

"Sabemos que seremos expulsos daqui da margem do rio pela Justiça, porém não vamos sair da margem do rio. Como um povo nativo e indígena histórico, decidimos meramente em ser morto coletivamente aqui. Não temos outra opção, esta é a nossa última decisão unânime diante do despacho da Justiça Federal de Navirai- MS." Esse é o comunicado da comunidade indígena para o Governo e Justiça Federal." ¨

http://www.youtube.com/watch?v=WUsnbHz0GD8&feature=related

7 comentários:

  1. saitica disse...
    A indignação quanto as injustiças que se faz a nação guarani-kaiowá chegou a Croácia através de uma legítima cidadã brasileira. É lamentável e vergonhoso o que se faz aos índios, riqueza do Brasil. Marília, uma vivente brasileira na Croácia, levanta a voz clamando por justiça e solidariedade. As terras pertencem aos índios e
    eles nada pedem. Exigem seus legítimos direitos! Antes, época da colonização dos portugueses eles tomavam suas terras e em troca davam-lhes a bíblia cheia de babozeiras e mentiras em detrimento de uma verdadeira cultura brasileira.
    Muito bem Marilia. Essa causa é de todos humanos de qualquer parte do mundo.
    daniel - www.saitica.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Daniel,

      é o mínimo o que posso fazer pelos povos donos das terras brasileiras. Não posso dizer o quão triste e indignada fico ao perceber que em toda a história não fomos capazes de respeitá-los e devolvê-los o que é deles, com o mínimo de dignidade. A que ponto chegamos!!
      Vou aproveitar e mostrar aos meus alunos aqui o que estamos fazendo com o menos 1% da população brasileira nativa, nossos índios. Que vergonha.
      Obrigada por compartilhar teu pensamento aqui.
      Abraço.

      Excluir
  2. Esse assunto me dói. Há poucos dias tivemos uma missionaria em nossa igreja que vive com os indios há 28 anos e ela contou cada coisa que acontece que é inacreditável.

    Marilia, vc sabe me dizer se para uma brasileira visitar a Croácia de carro precisa de visto?

    Senao vou ligar no consulado daqui. Mas como vc vive ai pensei em te perguntar primeiro. Pode escrever para o meu email?

    saiajusta4@gmail.com

    Um bjao e uma linda semana pra você.

    Obrigada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Georgia

      realmente é um assunto muito triste e doloroso. É difícil de acreditar que essas coisas continuem acontecendo.
      Não precisa de visto, te escrevo agora!
      Um bjão e pra ti tb!

      Excluir
  3. Oi Marilia!
    Eu comento pouco mas gosto bastante do seu blog, por isso estou passando para você o prêmio Liebster! Se quiser saber mais pode ler aqui:
    http://wp.me/p1nhEa-tq

    Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Oi, Maria Helena

    que bom saber disso!
    Te agradeço muito!
    Beijo

    ResponderExcluir
  5. Partiipei de uma manifestação no último domingo, no Rio e filmei uma índia que vive na aldeia maracanã (ameaçada de sair de lá já que o Sr. governador que derrubar o prédio para construir "melhorias" para a copa de 2014) fazendo um discurso emocionado e esclarecedor. De início ela fala em tupi-guarani mas depois continua em português. Me levou e levou mais alguns lá às lágrimas. www.youtube.com/watch?v=h8HBMhNNHaw

    e um video da manifestação www.youtube.com/watch?v=pu7VNsbdhPY

    Se puder divulgar...

    ResponderExcluir