quinta-feira, 13 de março de 2014

Alimentação saudável

A alimentação é um assunto que sempre me interessou e gosto muito de escrever sobre isso. Já comentei aqui no blog, que durante o inverno, as opções de frutas, legumes e verduras diminuem muito. Com a chegada da Maíra e da introdução alimentar dela, temos nos preocupado mais ainda com a qualidade dos alimentos que ingerimos. Geralmente, tentamos comprar as coisas na feira, direto dos produtores, no entanto são poucos os produtos que não têm agrotóxico, na verdade, só o espinafre e o matovilac (tipo de folha de salada que já postei também).Por essa razão, fui atrás de uma outra saída e encontrei uma família que tem a sua fazenda e produz alimentos sem agrotóxico. Eles têm um estande no Dolac, em outra feira na cidade e mais duas lojinhas! Fiquei super contente e pra completar, eles entregam em casa de graça, se o valor for superior a 100kn (mais ou menos 50 reais). Já compramos e ficamos super satisfeitos! O sabor é outra coisa e a variedade é bem grande.
Uma recente descoberta no meu paladar foi este legume abaixo que se chama koraba. Nunca tinha comido nem reparado nele até o meu cunhado comprar pra mim quando a Maíra nasceu. A primeira vez que comi achei sem graça, mas hoje já consegui descobrir os seus encantos. Eu diria que é um aprente próximo do chuchu! O sabor muda conforme com o que se cozinha, o que é muito bom, pois dá bastante oportunidade de testar novas receitas.
Caso alguém saiba que exista no Brasil, me avise!

13 comentários:

  1. Marilia, poderia lhe pedir um favor? Bem, estou fazendo um trabalho escolar sobre a Croácia, e seria muito interessante se pudesse te entrevistar. É possível?

    ResponderExcluir
  2. Oi Isabela,
    que tipo de entrevista seria? É muito grande? Me escreve para mariliapcscz@gmail.com

    ResponderExcluir
  3. Oi, Marília! Nunca vi o vegetal. É tubérculo? As folhas lembram a couve...
    Uma fruta que imita o chuchu, se feita como legume, é a casca de melancia. Ela adere ao sabor dos temperos. Raladinha é bem leve, servindo para saladas e refogados.

    Grande abraço, e força na alimentação saudável.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Cristina,
      conforme o comentário da Lu, abaixo, é uma couve mesmo! A folha é igual.
      Que legal, não sabia dessa, obrigada pela dica!
      Grande abraço!

      Excluir
  4. Marília,
    eu AMO Kohlrabi (nome em alemão)! Como cozida, crua... de qualquer jeito. Não me lembro de ter visto no Brasil, mas sei que existe pelo menos o nome em português: couve-rábano ;-)
    Bjs,
    Lu

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lu,
      que legal que tem aí! Não sabia o nome em português, valeu!
      Bj,
      MArília

      Excluir
  5. Olá Marília, meu nome é Lúcia, falo aqui de Paraty /litoral sul do RJ,...conhece,?...Fazem uns meses que estou seguindo seu blog, gosto do que vc escreve, talvez faço uma viagem em agosto, para visitar família do meu marido...gostaria também de saber mais sobre brasileiros que vivem por aí, Zagreb e outras cidades da Croácia, um abraço e até mais.

    ResponderExcluir
  6. Oi Lúcia,
    não conheço ainda Paraty, só o Rj, mas pretendo!
    Que legal que pretende vir pra cá!
    Então, aqui tem uns 200 e poucos brasileiros registrados na Embaixada brasileira. Acho bem poquinho, pois costuma ter muito por todos os lados! Há vários jogadores de futebol e mulheres casadas com croatas!
    Em outros posts há coisas sobre outras cidades, mas vou ver se escrevo mais.
    Abs!

    ResponderExcluir
  7. Olá, isso é um nabo. Tem o nabo comprido e esse tipo redondo. Eu adoro comer como se come mação, cru só com um pouco de sal salpicado por cima. Muito legal o seu blog, iremos à Croácia agora em Setembro mas ainda não temos toda a programação pronta.

    ResponderExcluir
  8. Oi Dóris,que bom que gostou do blog!
    Nabo? Desta cor? que diferente! O gosto e a textura me lembram chuchu e a couve dela é igual a.couve normal.
    Que legal que estão vindo!

    ResponderExcluir
  9. Olá Marília, essa leguminosa é um tipo de couve, a Couve Rabano. Existe inclusive uma variedade roxa, veja neste site algumas receitas http://indopracozinha.com/2013/11/21/conhecendo-a-couve-rabano/ . Não conheço mas tenho muita vontade de conhecer a Croácia e comprar uma gravata pois são as melhores do mundo pois os croátas são os inventores da gravata, muita gente pensa que são os italianos ou franceses mas não, os inventores são os croátas. abraços

    ResponderExcluir
  10. Oi Raul,obrigada pela explicação! Não sabia que existia roxa também.
    Espero que um dia consiga vir para cá! Pois é, muita gente não sabe da origem da gravata.
    ABS!

    ResponderExcluir