Pular para o conteúdo principal

Seguindo a viagem: Novigrad










No dia seguinte continuamos a viagem e fomos a Novigrad, Citanova em italiano. Toda essa região da Ístria teve uma forte influência italiana, pois ora fazia parte do Império Austro-Húngaro ora de Veneza. Por essa razão, as pessoas lá falam italiano e croata e todas as placas estão escritas em ambas as línguas.
A cidadezinha fica na praia é a coisa mais linda! Fizemos um tour básico e tomamos café de frente pro mar num lugar muito estiloso, com uma vista paradisíaca. Me dei o luxo de ficar lendo revistas de moda em italiano!!!
Essa praia, assim como outras nessa região, recebe um dos maiores números de turistas na Croácia, acompanhado de Dubrovnik, na Dalmácia. Isso se explica pelo fato de estar a menos de duas horas da Itália, localizar-se no centro da Europa, ter estradas muito boas e uma excelente estrutura turística.
Espero poder voltar com mais calma e aproveitar melhor a terra do vinho, do azeite de oliva e trufas!
Amanhã a viagem continua...

Legenda das fotos:
1 Localização
2 A vista de quando chegamos na cidade
3 Os prédios coloridos que adoro!
4 Os gatos preguiçosos na sombra
5 Uma bela vista
6 A praia
7 O mar
8 A vista de dentro do café

Comentários

  1. De uma olhada nessas fotos de uma tempestade na ilha de Rab (ao sul de Rijeka), nao muito longe de Motovun.
    http://www.jutarnji.hr/munje-parale-nebo-nad-rabom--snijeg-zabijelio-velebit/938591?foto=2

    Os ventos em Motovun, e de forma geral ao redor do pico Ucka, as vezes sao "cabulosos" .

    Marcos

    ResponderExcluir
  2. Oi Marilia! como vc esta? fiquei sem internet ai nem respondi o seu e-mail pra te agradecer!!! Minha ida para Zagreb foi adiada, vou em agosto:(
    Mas vai passar rapidinho...

    Um super bj

    ResponderExcluir
  3. Oi, Marcos
    dou dar uma olhada sim! Bom saber que eh normal esse tipo de tempestade!
    Tu moras aonde?

    Oi, Jessyca
    eu estou bem e tu? Que pena...mas vai passar rapidinho sim!bj!!!

    ResponderExcluir
  4. Oi Marilia, conversamos no meu blog numa postagem sobre cosméticos verde e nunca mais a vi por lá, pena.
    Agora, meu blog está concorrendo ao TOPBLOG 2011 na categoria sustentabilidade.
    Conto com o voto de todos.
    Para visitar o blog:
    http://caroldaemon.blogspot.com/

    Para votar, visite o link abaixo e confirme sua escolha:
    http://www.topblog.com.br/2011/index.php?pg=busca&c_b=19130455

    Um grande abraço,
    Carolina

    ResponderExcluir
  5. Marilia querida, que legal vocês viajando pela Croácia!!! Saudades ...

    Sabia que o Edgar está aí de novo? Ele gostou tanto, que voltou 15 dias depois ...

    Beijos,
    Ale

    ResponderExcluir
  6. Que lugar lindo Marilia!!! Outro dia li várias coisas do teu blog e acabei saindo sem comentar, mas lembro que eu queria dizer que dava gosto de ver tuas saudades da mãe e tuas memórias das comidas e momentos de família! Muito legal! Qdo eu for te visitar, levo uns quantos potes de maracujá pra ti! bjaooo
    Ana Susin

    ResponderExcluir
  7. Oi, Carolina

    que bom te ver por aqui! Tô na correria por isso não apareci mais no teu blog. Adoro teus posts!
    Tentei votar em ti, mas não consegui, não sei porquê.
    Vou aparecer assim que der,
    abração!

    Ale!
    Saudades tuas!Como estás?
    Sim, ele me avisou e eu dei umas dicas!
    Bjão!!!!!!!!!!!!!

    Ana,
    pois é, adoro lá! É muito lindo!
    Coisa boa, traz sim que essas coisas não tem aqui e tem gostinho de família!
    Bjão!!!!!!

    ResponderExcluir
  8. Oi Marilia!
    Adorei seu blog.
    Estamos planejando esticar uma viagem da Italia até a Croácia em abril de 2015.
    Qual a melhor maneira de chegar à Croácia saindo de Veneza?
    É possivel ir de carro?
    Obrigada!
    Vanessa

    ResponderExcluir
  9. Oi Vanessa,que bom!
    Dá sim,é bem pertinho! Pode ser de carro ou barco que vai para Rovinj.
    De nada!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Turismo no inverno Croata

Esse fim de semana estivemos com duas turistas brasileiras aqui em Zagreb . Depois de fazermos o city-tour, o passeio pelos castelos fomos para os Lagos Plitvice. Não sabíamos exatamente como estariam os lagos, somente que parte estava congelada, algumas trilhas fechadas e um trecho da estrada não estava limpo. A prova que não estamos acostumados a fazer turismo no inverno por achar que não há muito o que ver, pra mim, caiu por terra. Nesse passeio vimos uma das paisagens mais lindas que podia imaginar. Cena de filme, tudo branco, só nós na estrada e muita neve. No caminho paramos em Rastoke , um lugarzinho com moinhozinhos cercados de quedas dágua, um amor! No verão, as pessoas páram no meio da estrada pra tomar banho de rio. Depois, chegamos ao Parque Nacional Plitivicka Jezera , com 16 lagos, que é protegido pela Unesco como patrimônio da humanidade, desde 1979! Geralmente, a cor da água é de um tom incrível, meio esverdeado ou azulado pra alguns. Dessa vez, est

Casamento à la croate!

Ontem fomos ao casamento da prima do Jerko. Na hora em que cheguei lá pensei que aquele momento viraria um post certo! As comemorações de casamento aqui são muuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuito diferentes das nossas no Brasil!Vou citar alguns aspectos que me chamaram a atenção ontem. Vamos começar: as pessoas aqui se encontraram antes da cerimônia, cada família em sua casa, às 14h30, e depois o noivo foi até a casa da noiva, com banda de música buscá-la. Nesse meio tempo as pessoas comeram, beberam e conversaram (adoro esta parte, pena que não haja muitas coisas sem carne e os doces sejam tão diferentes dos nossos), depois foram até a igreja. Na ida pro salão, eles fizeram uma fila de carros e passaram a buzinar pelas ruas, com o pisca ligado, com laços nos carros e a bandeira croata pra fora (ela SEMPRE SE ENCONTRA PRESENTE)! Depois disso, veio a clássica entrada do casal, a primeira dança, a dança com os pais e padrinhos... Não sei se no Brasil tem casamentos assim ou eu que não sou muito

Desfazendo mitos

Quando viajei pela Europa, em 2008, li uma revista de viagem com dicas de lugares para visitar. Havia um artigo sobre a Croacia e naquele momento nem passei os olhos, muito menos pensei sobre aquele pais distante. Logo que conheci o Jerko, a mae me lembrou daquela reportagem e rapidamente a li pra saber um poquinho mais sobre a terra do meu amado. A primeira vez que falei pra minha familia que tinha me apaixonado por um croata e estava indo morar na Croacia , todos falaram que eu tinha enlouquecido, que estava indo morar no meio da guerra, no meio dos balcas - um lugar tri perigoso, etc. Me dei conta esses dias, depois de quase tres anos morando aqui, que os croatas que vao ao Brasil costumam ouvir os seguintes comentarios: que sao loucos, vao ser mortos por uma bala perdida, o que querem fazer num dos paises mais perigosos do mundo, etc... Enfim, acho que com o tempo e um maior conhecimento dos lugares a gente acaba desfazendo alguns mitos que sao criados. No fim, os lugares na